A 13ª temporada de Supernatural vai contar uma história com escala “menor”. Esse movimento faz sentido, já que as últimas temporadas têm sido sobre assuntos de grande alcance.

Para se ter uma noção, a 10ª temporada mostrou Dean literalmente matando a própria Morte, a 11ª temporada mostrou a chegada de Deus (Chuck) e sua irmã destrutiva, The Darkness que quase acabou com a criação, a última mostrou uma batalha com os britânicos.

Sam e Dean superou muita coisa, e agora eles contam com a criança, Jack, que é filho de Lúcifer.

Se você pensa que a próxima temporada será ainda maior, esse pode não ser o caso, já que o produtor executivo Robert Singer disse ao Cinema Blend que o plano da 13ª temporada é contar uma história de escala “menor” concentrando-se  nos laços da família:

Deliberadamente nós não estamos fazendo, eu quero dizer, no ano passado foi muito grande com os britânicos e todo o tipo de coisa organizacional e tudo isso, e este ano fizemos um esforço consciente de que queríamos ir para um lado pouco menor e mais pessoal com a mãe dos Winchester presa no mundo alternativo junto com Lúcifer e os meninos têm de lidar com o filho do Satanás e  pensamos que haveria um monte de possibilidades emocionais e esse é o tipo do que queríamos fazer este ano. O ano passado foi sobre trazer a família de volta juntos, este ano é o que você faz quando sua família se explode.

Supernatural retorna em outubro deste ano.

COMPARTILHAR